Notícias

O Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) comemora 11 anos de funcionamento

07/07/17 - 16:40:22 (Administrador)
Alterado em: 31/12/69 às 18:00:00 por

O Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) de Toledo é uma das unidades administradas pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde da Costa Oeste do Paraná (CISCOPAR) do qual fazem parte 18 municípios da 20ª Regional de Saúde. A inauguração simbólica do CEO se realizou no dia 20 de dezembro de 2005, com início efetivo das atividades em 03 de julho de 2006.

Com sua implantação a população tem acesso aos serviços de média complexidade em Odontologia oferecidos pelo SUS (Sistema Único de Saúde), sendo este tratamento uma continuidade do trabalho realizado pela rede de atenção básica e no caso dos municípios que estão na Estratégia Saúde da Família, pelas equipes de saúde bucal. Portanto o encaminhamento e agendamento devem partir sempre da Secretaria Municipal de Saúde do município de origem do paciente.

O Centro de Especialidades Odontológicas de Toledo oferece as seguintes especialidades odontológicas:

  1. cirurgia oral menor dos tecidos moles e duros;
    1. diagnóstico bucal, com ênfase no diagnóstico e detecção do câncer bucal;
  2. periodontia especializada;
  3. endodontia;
  4. atendimento a portadores de necessidades especiais; e
  5. prótese dentária total e parcial removível.

 

Desde sua inauguração o CEO já realizou mais 153mil procedimentos odontológicos, sendo 8.500 no primeiro semestre de 2017. Dentre estes procedimentos destaca-se a quantidade de entrega de próteses dentárias, que apresenta uma produção média mensal de 151 próteses/mês no ano de 2016.

O CEO de Toledo também é referência regional do atendimento odontológico à Pessoas com Deficiência (Pacientes Portadores de Necessidades Especiais), sendo integrante da Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência (Rede Viver Sem Limites). Esta especialidade propõe-se a prestar um atendimento qualificado a todos os portadores de deficiência seja ela física, mental, emocional ou médica, que às impeçam de serem submetidas ao tratamento odontológico convencional, sendo realizados mais de 23mil procedimentos desde o início de suas atividades.

A equipe destaca as altas taxas de absenteísmos (média de 20%), e solicita que os pacientes compareçam as consultas marcadas, e em caso de impossibilidade ou desistência do tratamento a mesma seja comunicada, a fim de poder otimizar a disponibilização destas vagas a outros pacientes.


Mural do Fotos