Notícias

Evento de Premiação do Concurso de Desenho e Poesia 2019

04/12/19 - 9:52:38 (Assessoria de Imprensa)
Alterado em: 04/12/19 às 9:53:59 por Assessoria de Imprensa

Na sexta-feira (29/12/2019), no período da manhã, a equipe do CTA/SAE (Centro de Testagem e Aconselhamento/Serviço de Assistência Especializada) e SIM/PR (Serviço Integrado de Saúde Mental) do CISCOPAR reuniram-se ao Núcleo de Educação de Toledo para apresentação da décima edição de premiação do “Concurso de Desenho e Poesia”, no auditório da FAG-Toledo.

Há dez anos, o Projeto vem sendo desenvolvido junto a escolas dos 16 Municípios que compõem o Núcleo de Educação de Toledo: Diamante do Oeste, Entre Rios do Oeste, Guaíra, Marechal Cândido Rondon, Maripá, Mercedes, Nova Santa Rosa, Ouro Verde do Oeste, Palotina, Pato Bragado, Quatro Pontes, Santa Helena, São José das Palmeiras, São Pedro do Iguaçu, Terra Roxa e Toledo.

Em 2019, o tema foi ‘Drogas, IST’s e Prevenção: Liberdade com responsabilidade em cada ação’. O projeto é aplicado, nas escolas, com a colaboração dos professores que ministram palestras voltadas a conscientização e prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis, HIV/ AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) e do uso de Álcool e outras drogas; posteriormente, os professores orientam seus alunos na produção dos desenhos e poesias, para que possam concorrer às premiações.

Contamos, no evento de premiação, com a presença de autoridades locais, diretores (as) das escolas estaduais, professores (as), pedagogos (as), pais, equipe do Núcleo de Educação e comunidade em geral.

Foram premiados 24 alunos (Link dos premiados). Cada aluno premiado recebeu uma bicicleta; as escolas Ayrton Senna da Silva e Escola Estadual de Vila Ipiranga, ambas de Toledo, foram contempladas cada qual com um notebook; por fim, HDs externos foram sorteados para professores das Escolas: Escola Estadual Ayrton Senna; Escola Estadual de Vila Ipiranga; Escola Estadual Eron Domingues -Marechal Cândido Rondon.

O projeto alcançou, mais uma vez, seu objetivo: manter a visibilidade e importância da interface Saúde – Educação, para conscientizar e abranger as novas gerações como protagonistas de ações que levem à população a importância de um viver saudável nos aspectos físico, mental e social. Busca-se, assim, ampliar o acesso à informação e autocuidado, minimizando os fatores ainda bastante recorrentes de preconceito, intolerância e discriminação.



Mural do Fotos