Notícias

Atendimentos Em Saúde Mental No MACC

08/03/19 - 16:37:48 (Douglas Caetano)
Alterado em: 31/12/69 às 18:00:00 por

Os indivíduos acometidos por sofrimento e/ou transtorno mental merecem cuidado tanto quanto os que sofrem das demais condições crônicas de saúde.

A Rede de Saúde Mental tem como objetivo a articulação entre os pontos de atenção e a melhoria de acesso aos usuários, buscando promover o cuidado integral.

Nas diretrizes definidas pela Política Estadual de Saúde Mental, considera-se a realidade do nosso Estado no que tange ao nível de assistência à saúde que deve ser prestada ao usuário que sofre de transtornos mentais e transtornos associados ao uso de álcool e outras drogas. Por se tratar de agravo complexo e de causa multifatorial que oscila em grau de risco ao longo da vida, primeiramente se faz necessário definir o nível da gravidade ou o risco dos sinais e sintomas apresentados pelos usuários, seguindo uma lógica de estratificação de risco.

A estratificação de risco, seguindo a lógica de Eugênio Vilaça Mendes, é um instrumento utilizado no Modelo de Atenção às Condições Crônicas que visa padronizar as condutas referentes a um determinado grupo nas diretrizes clínicas, assegurando e distribuindo recursos físicos e humanos específicos para cada qual. Assim, não há uma atenção única para todos os usuários, eles são agrupados de acordo com a complexidade e gravidade dos casos, e direcionados ao cuidado mais adequado. Objetiva-se que os usuários com condições crônicas com menor risco sejam atendidos na Atenção Primária à Saúde (APS), com tecnologias de autocuidado apoiado, e os de maior risco em serviços de Atenção Secundária e corresponsabilização da APS.

A equipe do MACC – Modelo de Atenção às Condições Crônicas do CISCOPAR, em conjunto com a 20ª Regional de Saúde vem realizando desde fevereiro de 2019, grupos de estudo para implantação da Linha de Cuidados em Saúde Mental.

Na manhã do dia 08 de março de 2019 foi realizada uma reunião com os profissionais dos municípios que inicialmente se enquadrarão nos atendimentos da linha. Posteriormente, a agenda será aberta para outros municípios de abrangência da 20ª Regional.

A equipe, composta por enfermeira, técnicas em enfermagem, psicóloga, assistente social, farmacêutica e médico psiquiatra iniciará os atendimentos no dia 22 de março de 2019.

 

Enf. Gabriela Seimetz

Gerente do MACC/CISCOPAR

Coren/PR 416.271


Mural do Fotos