Notícias

Atendimentos prestados pelo CTA/SAE aumentam em quase 50%

11/01/18 - 15:58:50 (Douglas Caetano)
Alterado em: 11/01/18 às 16:00:05 por Douglas Caetano

O Centro de Testagem e Aconselhamento e o Serviço de Assistência (CTA/SAE) do Consórcio Intermunicipal de Saúde Costa Oeste do Paraná (Ciscopar) presta serviços na área da saúde com ações de promoção e prevenção do diagnóstico de doenças sexualmente transmissíveis. Acompanhamento médico, farmacêutico, psicológico, serviço social e de enfermagem são encontrados na unidade. Em 2017, o número de atendimentos prestados foi superior a 18.500. Enquanto que em 2016, o número foi de 9.610.

Os atendimentos permitem que as pessoas se sintam acolhidas e recebam o suporte necessário para lutarem contra algumas doenças crônicas. Somente no ano passado, foram 3.650 atendimentos de enfermagem.

“No ano retrasado, tivemos o registro de 1.866. Tivemos esse acréscimo, pois passamos a contar com os serviços de mais um profissional na área”, explica a coordenadora do CTA/SAE Suzana Guizzo.

As consultas médicas passaram de 2.017 para 3.978, de 2016 para 2017, e os atendimentos prestados pelo serviço social de 265 para 781. A média anual de dispensação e atenção farmacêutica também teve alta, de 982 em 2016, passou para 4.666 no ano passado. Os exames convencionais (HIV, sífilis e hepatites B e C) também aumentaram (676 para 730) e a realização de teste rápido saltou de 3.941 para 4.200.

Na avaliação de Suzana, os dados apontam que há preocupação com a saúde. Os índices não refletem o aumento dos casos de pacientes contaminados, mas de conscientização em procurar auxílio. Ela destaca que os números indicam o comprometimento da equipe de trabalho do CTA/SAE e as políticas públicas adotadas.

AÇÕES

Em 2017, o CTA/SAE promoveu diversas campanhas de conscientização e combates de doenças virais com realização de teste rápido. As ações foram desenvolvidas em diversos municípios dos 18 municípios da área de abrangência da 20ª Regional de Saúde. “O CTA/SAE trabalhou com várias campanhas educativas com palestras e orientações, entrega de preservativos e folders explicativos, nas ruas empresas privadas e públicas”, salienta Suzana.

Entre os avanços atingidos durante o ano, a coordenadora citou os trabalhos realizados junto as empresas públicas e privadas, nas promoções a saúde pautadas no combate as Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s). Ela também menciona as ações voltadas aos profissionais do sexo, população privada de liberdade, comunidade indígena e pessoas nas ruas.

PERSPECTIVA

“Para 2018 temos como meta a continuidade das atividades já realizadas pelo CTA/SAE, ou seja, dar andamento ao Projeto Saúde e Prevenção nas escolas, o qual está sendo remodelado para funcionar em forma de oficinas, visando a maior participação e assiduidade dos alunos”, antecipa Suzana.

O cronograma de atividades do Centro prevê ações mensais que envolvem o Setembro Amarelo, Outubro Rosa entre outras campanhas de repercussão nacional. “Junto com as temáticas trabalhadas incluímos o cuidado e prevenção as IST’s e HIV/Aids. Ao longo do ano iremos realizar e participar de promoções conjuntas, com os municípios de abrangência do Ciscopar”, finaliza.

 

FONTE: https://www.jornaldooeste.com.br/noticia/atendimentos-prestados-pelo-ctasae-aumentam-em-quase-50